Diagnóstico Precoce de Alzheimer

Uma investigação do Instituto de Psiquiatria do King's College de Londres descobriu a ligação entre a doença de Alzheimer e os níveis de clusterina - uma proteína frequentemente detectada no sangue de pessoas com distúrbios neurológicos.

Segundo a notícia publicada hoje no site do King's College, a presença de elevados níveis de clusterina no sangue pode indicar a possibilidade de alguém vir a sofrer de Alzheimer, "muitos anos antes de os sintomas surgirem".

De acordo com o estudo, os níveis mais elevados de clusterina estão relacionados com "perdas de memória mais severas e rápidas e com um maior encolhimento da massa cerebral".

O King's College indica que esta investigação poderá permitir "o desenvolvimento de um exame de sangue específico para ajudar a fazer o diagnóstico precoce da doença de Alzheimer" e identificar "tratamentos que possam atrasar ou prevenir lesões cerebrais".
Fonte: DN Ciência

Comentários