Palmela Premiada por Eliminar Barreiras Urbanisticas

A Câmara de Palmela recebeu esta quinta-feira a Bandeira de Ouro da Mobilidade «por ter eliminado 80 por cento das barreiras urbanísticas» nas área de intervenção, mas o vereador do Urbanismo reconheceu que ainda há muito por fazer.

«Mais do que premiar o esforço do município para se integrar na Rede Nacional das Cidades e Vilas com Mobilidade para Todos, eliminando um conjunto de barreiras que se colocam hoje à circulação dos cidadãos, sejam eles portadores de deficiência ou outros com mobilidade reduzida, a Bandeira de Ouro da Mobilidade significa uma enorme responsabilidade», disse à Lusa Álvaro Amaro.

«Temos a consciência de que há ainda muito por fazer para promovermos uma efectiva acessibilidade para todos, nas nossas cidades e nos nossos territórios», acrescentou o autarca da CDU, poucas horas antes de o município ser distinguido com o galardão atribuído pela Associação Portuguesa de Planeadores do Território (APPLA).

Álvaro Amaro destacou o trabalho realizado pela autarquia nos últimos anos, que incluiu a eliminação de barreiras arquitectónicas num conjunto significativo de arruamentos, quer a norte quer a sul do caminho-de-ferro, na vila do Pinhal Novo.

Palmela aderiu à Rede Nacional de Cidades e Vilas com Mobilidade para Todos em 2004, no âmbito do Ano Europeu de Pessoas Portadoras de Deficiência, com o objectivo de orientar e auxiliar os municípios na extinção dos obstáculos que dificultam o cumprimento de tarefas quotidianas aos cidadãos, esclarece uma nota de imprensa divulgada pela autarquia.

Em 2007, o concelho de Palmela já tinha sido distinguido com a Bandeira de Prata da Mobilidade pela APPLA, como reconhecimento do empenho do município na eliminação de diversas barreiras arquitectónicas no âmbito de um projecto-piloto realizado em Pinhal Novo.

Fonte: IOL

Comentários